Legado Franciscano

Dinarte Belato (redator) et al.

“Legado Franciscano; contribuição dos freis capuchos na educação de filhos de colonos italianos do rio Grande do Sul, 1950-1970” pode ser lido como uma “micro-história” da educação num período em que o acesso ao Ensino Fundamental completo, Médio e Superior era um privilégio reservado às frações mais abastadas da sociedade. A Igreja Católica, por intermédio de seus seminários, ainda era a única oportunidade de acesso ao Ensino Fundamental, médio e Superior para uma parcela significativa de filhos de colonos. De um ponto de vista histórico, é importante salientar que a “sociedade dos colonos” e a “sociedade dos capuchinhos”, tal como nelas vivemos e aqui descrevemos, não mais existem, transformadas que foram pelos movimentos de renovação e aggiornamento da Igreja Católica, e transformações pelas quais passou a sociedade brasileira, que erradicaram as antigas estruturas originárias da ocupação colonial por imigrantes europeus de parcelas significativas do território do Rio Grande do Sul.

38 Downloads

Siga-nos!